Notícias

Governo de SP adia reabertura das escolas para 7 de outubro

Cidades que estiverem na fase amarela há 28 dias poderão reabrir escolas no dia 8 de setembro para reforço escolar
Visualize fotos

O governo de São Paulo anunciou, nesta sexta-feira (07), o adiamento da retomada das aulas presenciais nas escolas públicas e privadas do estado que estava prevista para o dia 8 de setembro para o dia 7 de outubro, por recomendação do Centro de Contingência do Coronavírus para garantir uma margem de segurança ainda maior para as crianças, adolescentes, professores, gestores e profissionais da rede pública e privada de ensino e, obviamente, para os seus familiares. 

 

Entretanto, de acordo com o governador, as escolas públicas e privadas de regiões que estão na fase amarela do plano de flexibilização econômica há 28 dias, e desejarem, poderão antecipar a reabertura para reforço escolar e atividades opcionais a partir do dia 8 de setembro. 

 

Esse período começa a contar a partir da próxima terça-feira, 11 de agosto. Passado esse dia, é preciso ainda que não haja regressões significativas para outras fases do plano até setembro. A palavra final sobre a reabertura para as aulas de reforço ficará a cargo dos prefeitos e só poderão participar dessas atividades alunos que tiverem autorização dos pais. Estudantes e profissionais do grupo de risco permanecem obrigatoriamente em atividades apenas remotamente.

 

Assim como está previsto no plano de retomada das atividades presenciais, para o retorno opcional em setembro será preciso respeitar um limite de lotação conforme a etapa de ensino:

  • Ensino infantil e o ensino fundamental nos anos iniciais (do 1º ao 5º ano), a ocupação máxima das unidades escolares será de 35%.

  • Ensino médio e os anos finais do ensino fundamental (do 6º ao 9º ano), este limite será de 20% dos alunos.

  • Estudantes, professores e funcionários devem manter distanciamento de 1,5 metro entre si.

 

Segundo o secretário Rossieli Soares, a intenção é que, neste retorno opcional, sejam priorizados estudantes em situação vulnerável e aqueles com mais dificuldade de aprendizado. Ainda segundo explicou Soares, o estado poderá liberar apenas o funcionamento de escolas públicas estaduais. Para escolas públicas municipais e escolas particulares, vale a regra do Plano São Paulo: o governo estadual autoriza, mas o protocolo é determinado pelas cidades e cada município poderá ser mais restritivo se assim desejar, de acordo com aquilo que a Saúde for determinando.

 

Quem volta no dia 7 de outubro?

A volta será feita em esquema de rodízio de alunos definido pelas próprias escolas e dividida em três fases de retomada:

  • Primeira fase: somente 35% dos alunos de cada classe poderão frequentar as escolas a cada dia. Ou seja, em um dia vai um grupo, em outro dia, vai outro. Mas a Secretaria não informou qual modelo de rodízio as escolas devem se inspirar.

  • Segunda fase: até 70% dos alunos poderão frequentar as escolas a cada dia.

  • Terceira fase: 100% dos alunos podem voltar às salas de aula.

Até o início de outubro, as instituições vão receber máscaras de tecido, face shields, termômetros a laser, totem de álcool em gel, sabonete líquido, copos descartáveis, álcool em gel e papel toalha.

 

Como deve ser o distanciamento?

  • Estudantes, professores e funcionários devem manter distanciamento de 1,5 metro entre si.

  • Horários de entradas e saídas serão organizados para evitar aglomeração, e serão preferencialmente fora dos horários de pico do transporte público.

  • Continuam proibidos: feiras, palestras, seminários, competições e campeonatos esportivos, comemorações e assembleias.

  • Intervalos e recreios devem ser feitos sempre em revezamento de turmas com horários alternados.

  • As atividades de educação física estão permitidas desde que se cumpra o distanciamento de 1,5 metro. Preferencialmente devem ser realizadas ao ar livre e com cuidando da higienização dos equipamentos.

  • Recomendado que o ensino remoto continue em combinação com a volta gradual presencial.

 

Como deve ser a higiene?

  • O uso de máscara é obrigatório para todos dentro da instituição e no transporte escolar.

  • Instituição deve fornecer equipamentos de proteção individual (EPIs) para os funcionários.

  • Bebedouro será proibido. Água potável deve ser fornecida de maneira individualizada. Cada um deverá ter seu copo ou caneca.

  • Banheiros, lavatórios e vestiários devem ser higienizados antes da abertura, depois do fechamento e a cada três horas.

  • Lixo deve ser removido no mínimo três vezes ao dia.

  • Superfícies que são tocadas por muitas pessoas devem ser higienizadas a cada turno.

  • Ambientes devem ser mantidos ventilados com janelas e portas abertas, evitando toque em maçanetas e fechaduras.

 

Como recuperar o aprendizado?

  • O governo de São Paulo afirma que será feita uma avaliação individual dos estudantes para a recuperação do conteúdo que não foi aprendido durante o período de ensino à distância.

  • Escolas também deverão investir em acolhimento socioemocional e em programas de recuperação para alunos com dificuldades nas matérias.

  • Segundo o governo, o programa de recuperação terá material didático, "apoiado pelo ensino híbrido e com foco em habilidades essenciais".

  • Será oferecido em 2021 o 4º ano do Ensino Médio optativo para os estudantes que quiserem se preparar antes do ingresso no ensino superior.




Publicado em: 14 de agosto de 2020

Publicado por: Assessoria de Imprensa - CMVP

Cadastre-se e receba notícias em seu email

Categoria: Notícias da Câmara




Fique por dentro

Outras Notícias

Poupatempo e Detran retomam atividades presenciais em setembro

22 de setembro de 2020

O Poupatempo de Jundiaí reabre nesta quarta-feira (16), junto ao Detran. O atendimento presencial está paralisado, desde o dia 23 de março, devido a quarentena. Apenas o atendimento online foi mant...

Leia Mais

Fim da greve: TST determina volta de trabalho dos Correios a partir desta terça-feira

22 de setembro de 2020

O Tribunal Superior do Trabalho (TST) decidiu determinar o fim da greve dos funcionários dos Correios e o retorno ao trabalho a partir de dessa terça-feira (22). O tribunal julgou nesta tarde o dis...

Leia Mais

Audiência no TST termina sem acordo e greve dos Correios vai a julgamento dia 21

14 de setembro de 2020

Terminou sem acordo na última sexta-feira (11) a audiência de conciliação entre os Correios e os trabalhadores da estatal. Com isso, informou o Tribunal Superior do Trabalho (TST), o dissídio colet...

Leia Mais

Aulas não voltam antes de 7 de outubro em Várzea Paulista

14 de setembro de 2020

Ao contrário da proposta do Governo do Estado de São Paulo, que tem como objetivo o retorno das aulas presenciais no dia 8 de setembro para reforço escolar e atividades opcionais (para as regiões q...

Leia Mais

Auxílio Emergencial é prorrogado até dezembro

10 de setembro de 2020

O Auxílio Emergencial, que serve como um apoio para famílias prejudicadas economicamente pela pandemia do Coronavírus (Covid-19), foi prorrogado por mais 4 meses. A extensão do benefício, no valor...

Leia Mais

Banco Central lança nota de R$200 nesta quarta

03 de setembro de 2020

O Banco Central (BC) lançou na tarde desta quarta-feira (02), através do seu canal no Youtube, a nova nota de 200 reais que já entrou em circulação. Foram informados aspectos de segurança, criação...

Leia Mais