Notícias

Auxílio Emergencial é prorrogado até dezembro

Governo define regras e restringe quem pode receber as novas parcelas de R$ 300
Visualize fotos

O Auxílio Emergencial, que serve como um apoio para famílias prejudicadas economicamente pela pandemia do Coronavírus (Covid-19), foi prorrogado por mais 4 meses. A extensão do benefício, no valor de R$ 300, foi anunciada na terça-feira (1) pelo presidente Jair Bolsonaro. A MP (Medida Provisória) desta quinta define as quatro parcelas extras como auxílio emergencial residual.

 

Para quem recebia o valor de R$600, o valor será de R$300,00 e para quem recebia o valor de R$1.200,00, o valor será de R$600,00.

 

Não irão receber novas parcelas

A MP estabelece que não irá receber as novas parcelas quem:

  1. Conseguiu emprego formal após o recebimento do Auxílio Emergência

  2. Recebeu benefício previdenciário, seguro-desemprego ou programa de transferência de renda federal após o recebimento de Auxílio Emergencial (exceto Bolsa Família)

  3. Tem renda mensal acima de meio salário mínimo por pessoa e renda familiar mensal total acima de três salários mínimos

  4. Mora no exterior

  5. Recebeu em 2019 rendimentos tributáveis acima de R$ 28.559,70

  6. Tinha em 31 de dezembro de 2019 a posse ou a propriedades de bens ou direitos no valor total superior a R$ 300 mil reais

  7. No ano de 2019 recebeu rendimentos isentos não tributáveis ou tributados exclusivamente na fonte cuja soma seja superior a R$ 40 mil

  8. Tenha sido declarado como dependente no Imposto de Renda de alguém que se enquadre nas hipóteses dos itens 5, 6 ou 7 acima

  9. Esteja preso em regime fechado

  10. Tenha menos de 18 anos, exceto em caso de mães adolescentes

  11. Possua indicativo de óbito nas bases de dados do governo federal

Como receber?

O texto estabelece também que quem já é beneficiário do Auxílio Emergencial não vai precisar requerer o pagamento das novas parcelas – elas serão pagas independentemente do requerimento, desde que o beneficiário atenda aos critérios.

 

A MP não prevê a reabertura de inscrições para o programa: assim, só devem receber as parcelas de R$ 300 aqueles beneficiários que já foram aprovados para receber as parcelas de R$ 600.




Publicado em: 10 de setembro de 2020

Publicado por: Assessoria de Imprensa - CMVP

Cadastre-se e receba notícias em seu email

Categoria: Notícias da Câmara




Fique por dentro

Outras Notícias

Poupatempo e Detran retomam atividades presenciais em setembro

22 de setembro de 2020

O Poupatempo de Jundiaí reabre nesta quarta-feira (16), junto ao Detran. O atendimento presencial está paralisado, desde o dia 23 de março, devido a quarentena. Apenas o atendimento online foi mant...

Leia Mais

Fim da greve: TST determina volta de trabalho dos Correios a partir desta terça-feira

22 de setembro de 2020

O Tribunal Superior do Trabalho (TST) decidiu determinar o fim da greve dos funcionários dos Correios e o retorno ao trabalho a partir de dessa terça-feira (22). O tribunal julgou nesta tarde o dis...

Leia Mais

Audiência no TST termina sem acordo e greve dos Correios vai a julgamento dia 21

14 de setembro de 2020

Terminou sem acordo na última sexta-feira (11) a audiência de conciliação entre os Correios e os trabalhadores da estatal. Com isso, informou o Tribunal Superior do Trabalho (TST), o dissídio colet...

Leia Mais

Aulas não voltam antes de 7 de outubro em Várzea Paulista

14 de setembro de 2020

Ao contrário da proposta do Governo do Estado de São Paulo, que tem como objetivo o retorno das aulas presenciais no dia 8 de setembro para reforço escolar e atividades opcionais (para as regiões q...

Leia Mais

Banco Central lança nota de R$200 nesta quarta

03 de setembro de 2020

O Banco Central (BC) lançou na tarde desta quarta-feira (02), através do seu canal no Youtube, a nova nota de 200 reais que já entrou em circulação. Foram informados aspectos de segurança, criação...

Leia Mais

MEC vai oferecer 140 mil vagas remanescentes do Prouni e Fies no começo de setembro

02 de setembro de 2020

O ministro da Educação, Milton Ribeiro, afirmou que o MEC abrirá em setembro 140 mil vagas remanescentes de programas de acesso ao ensino superior. Serão 90 mil vagas no Programa Universidade para...

Leia Mais